segunda-feira, 9 de março de 2020

Mulheres da Saúde do Século Passado – Dra Alice e Dra Nair

Corajosas mulheres que enfrentaram o universo profissional masculino do século passado são homenageadas através de uma mostra fotográfica, alusiva ao Dia Internacional da Mulher, no Espaço Cultural Legislativo da Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul.

Dra Alice Lang e Dra Nair Guedes, foram as primeiras médicas atenderem a comunidade caçapavana, no século passado. Tinham a firmeza no olhar e sem a tecnologia de hoje, era com o toque de suas mãos que captavam o estado de saúde de seus pacientes.

Alice Berta Menalda Lang (Doutora Alice, como era chamada na comunidade) nasceu em Porto Alegre, em 26 de janeiro de 1925. Médica pela UFRGS, em 1951. Após dois anos de especialização na Alemanha, junto com seu esposo, Dr. Vitor Lang, veio residir e atuar medicina em Caçapava do Sul. Dra. Alice e Dr. Vitor tiveram dois filhos: Ilse e Carlos.

Nair Menezes Guedes (Doutora Nair) nasceu em São Gabriel, em 24 de dezembro de 1913. Foi casada com Rubens Rosa Guedes, também médico, e exerceu medicina em Caçapava do Sul durante toda a vida profissional. Foi médica no Posto de Saúde e 1ª Dama do Município. Dra. Nair e Dr. Rubens tiveram três filhos: Leda Lígia, Maria Tereza e Paulo Rubens.

Além das atividades profissional médica e cuidados com a família, Dra Alice e Dra Nair desempenhavam funções sociais a comunidade caçapavana.

As memórias dessas duas mulheres registram o marco inicial da Mulher Médica caçapavana. Homenageá-las é justo e necessário. Vemos através delas o passado e a evolução, que por hora atinge, a significativa atividade das Mulheres da Saúde. Que suas generosidade e enfrentamento sejam inspiração à trajetória de muitas outras mulheres da área da saúde de nossa comunidade.
Paulo Guedes, hoje residente em Brasília, neto da Dra Nair, com quem conviveu seus 17 primeiros anos de vida, traz consigo uma memória afetiva com emoção: “além de guerreiras na profissão, era o esteio da família”, disse.

Ilse Lang, hoje residente em Porto Alegre, filha da Dra. Alice, diz que a iniciativa da homenagem é muito bacana.

As imagens da exposição pertencem ao acervo do Dr. Juarez da Rosa Teixeira e as informações tem fonte da sua publicação “Caçapava, um olhar sobre o Século XX”, de 2016. Dr. Juarez relembra dessas médicas com muita admiração, “seu exercício profissional naquela época era um ato de coragem”, diz.

A exposição tem lançamento, nesta segunda-feira (9), às 14h. É promovido pelo Projeto Caminhos do Sul da América com apoio da Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul. Fica exposta a visitação até o fim de março, das 9 às 15h, de segunda a sexta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário