terça-feira, 29 de novembro de 2016

A História de Caçapava em quase 500 fotografias

Mapa de Caçapava do Sul
Caçapava, um olhar sobre o século XX, é resultado de anos de trabalho de pesquisa do médico Juarez Teixeira e conta, através de imagens e texto, um pouco sobre a construção da cidade e seus pioneiros. O livro será lançado dia 8 de dezembro, na Escola Estadual Dinarte Ribeiro, às 19h. 

O processo de compilação de fotos começou em 2010, durante as celebrações dos 50 anos do Lions Clube de Caçapava do Sul, e não parou mais. Na época, foi feita uma mostra, com imagens e documentos que estavam espalhados entre a comunidade e foram então identificados e organizados. “O resultado foi a formação de um acervo interessante, que aumentou o meu gosto pelo estudo das coisas deste passado recente. E, o mais importante, despertou a atenção dos caçapavanos por sua história. Sem a colaboração de todos, este livro não teria sido possível”, acrescenta o autor.

Entre os destaques está uma linha do tempo com todos os intendentes e prefeitos que Caçapava do Sul já teve, um mapa da cidade feito pelo conterrâneo André Krusser Dalmazzo, além de muitas imagens históricas, como da construção da Igreja, do Clube União e da primeira ponte do município. O livro faz homenagem a três “personalidades” da cidade - Cabo Toco, Nilo Azambuja e Pedrinho - e traz ainda um capítulo com fotos de casas antigas que resistiram à passagem do tempo.

O levantamento histórico vai até o ano de 2000, deixando aberta a porta para que a história siga sendo contada pelas futuras gerações. Como destacou o escritor Alcy Cheuiche na apresentação do livro, a obra “não é saudosismo” e sim “o desejo de revelar os alicerces históricos de uma cidade que foi capital na República Rio-Grandense e que atravessou dois séculos sempre como protagonista da cultura e da agricultura do Sul do Brasil”.

Dezesseis capítulos, 342 páginas, 460 fotografias.  
Bar do Luizinho
Carreteiro da Saudades
O Patriarca Francisco Poglia e família

“Dr Clima”, “Ed Ratoso” e “Gatos Espaciais”

Dentro da programação do I Workshop Cultural de Caçapava do Sul, foi lançado os personagens resultantes das Oficinas de História em Quadrinhos: “Dr Clima” “Ed Ratoso” e “Gatos Espaciais”, respectivamente de autoria de Lislair Leão Marques, João Guilherme Schumacher e Martin Garcia Mayora.

A Oficina é realizada na Casa do Poeta de Caçapava do Sul e desenvolve habilidades em desenho e roteiros de estórias. Em dez aulas foram criado os personagens que prevê futura publicação.

Dr. Clima: No sul da América do Sul - Pampa Gaúcho – em meados de 2020, vive um velho cientista invocado com seus equipamentos de monitoração e variação do clima. Ele se serve de um passarinho chamado de “Red” como assessor para previsão climática. Os cenários são intempéries do clima.

Ed Ratoso: Fofocas e trapaças do personagem que vive enganando seus amigos: Barbicha, Di Pastelli e Pulguento.  Ele que ganhar dinheiro fácil com suas intrigas e fofocas e onde é reside as ações na estória. Cenários no quarto, lata de lixo, bar e piscina pública.

Gatos Espaciais: Grupos de Gatos cientistas, aventureiros e exploradores que foram ao subsolo para descobrir se havia um metal chamado “Gatonita”. Após um incidente que resulta na contaminação nos gatos, afetando o cérebro de parte do grupo, tornando-os maus e obcecados pelo poder. Esta trama resulta nas ações da estória que tem como época o futuro numa ilha chamada Gatolândia. 

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Muitos amigos para o Museu Caçapavano

Em sete dias de atividades genuinamente da cultura caçapavana, como Mostras Culturais, Palestras, Oficinas e Produção Literária, Poemas Gaúchos, Trovas, Bandoneon e Violão, ocorreram no I Workshop Cultural, realizado na Casa do Poeta, nos dias 12 a 13 de novembro, e marcaram momentos e registros especiais para a história de Caçapava.

O público bastante representativo a comunidade caçapavana apreciou as atividades aderiu ao novo Museu. Este é feito da comunidade para a comunidade é centrado na memória, na identidade e no cotidiano.

O I Workshop Cultural foi o primeiro movimento pró Museu a favor da cultura, da preservação histórica e do olhar para as coisas e pertencimento de nossa gente. Contou com a presença do Padre Rudinei Lasch que falou sobre a Casa Borges de Medeiros e nela o espaço reservado ao Museu Caçapavano. Em destaque as falas do Dr. Juarez da Rosa Teixeira sobre o processo criativo do livro a ser logo lançado “Caçapava, um olhar sobre o século XX” e do Prof. João Batista Oliveira Henriques que proferiu sobre os “Primeiros Povoadores de Caçapava do Sul”. Junto aos Amigos, o Dr. Lucas Osório da Costa debateu os “Aspectos jurídicos” para formação da Associação de Amigos do Museu Caçapavano que tem como Presidente a Sra. Renata Miranda. Os Poemas Gaúchos das Oficinas de Guilherme Alves Marques emocionaram os presentes, mas foi a Associação dos Trovadores que surpreendeu os Escritores Caçapavanos. Palestras de como entender um Museu foram ministradas por Graduando em Museologia Rafael Teixeira Chaves, pela Historiadora Dulcina Schievelbein, Escritora Lislair Leão Marques e pela Artista Plástica Isa Doris Teixeira de Macedo. Momentos musicais com por Lenin Pereira Brites, João Batista Oliveira Henriques, Evandro Gomes, e canções do CD “Versos e Melodias” por Luiz Hugo Burin.

A agenda 2017 já está repleta de atividades e assim se constrói parte do Museu Caçapavano, que é a educação para um novo ver da nossa cultura, alimentando e alegrando com o nosso fazer na arte, na música e tradições.

Os organizadores do evento, agradecem a todos que colaboraram, presenciaram, apoiaram e principalmente os que se tornaram amigos do Museu Caçapavano.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

2ª Edição do Geo.dia

Alunos da Geografia da Universidade Federal de Santa Maria, Engenharia Geológica da Universidade Federal de Pelotas e Geologia da Universidade Federal do Pampa reuniram-se em Caçapava do Sul para comemorar o Dia da Geo-diversidade. Junto a comunidade caçapavana,no dia 19 de novembro, os acadêmicos das três Universidades realizaram diversas atividades com exposição fotográfica, mostra de rochas, oficinas de fosseis, oficinas de geo-esculturas em argila, caça ao tesouro, oficina de escalada para crianças, excursões e vídeos, marcando a Caçapava do Sul como Capital da Geo-diversidade e comemorando a 2ª Edição do Geo.dia.

I Workshop Cultural – Sétimo e último dia

Três palestras foram proferidas no último dia do I Workshop Cultural: “Preservação do Patrimônio” pela Historiadora Dulcina Schievelbein, Educar para Preservar” pela Escritora Lislair Leão Marques e “Por que Arte Educação” pela Artista Plástica Isa Doris Teixeira de Macedo.
Neste dia, ainda, os presentes puderam conferir canções do CD “Versos e Melodias” por Luiz Hugo Burin.

Este evento teve apoio da ARTESANA, ARTISA, CASA DO POETA DE CAÇAPAVA DO SUL, CAMINHOS DO SUL DA AMÉRICA, EENSA, FARMÁCIAS NICOLA, INDUCAL, PADARIA MODELO, SITE TNT, SOMMER e SUPERMERCADO MINUANO.