segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Guaritas – Caçapava do Sul

 
Há 500 milhões de anos, quando ainda não existia vida sobre os continentes, esta região fazia parte de um deserto, com dunas e rios pedregosos. Essas areias e cascalhos foram soterrados, aquecidos, compactados e viraram rochas. Depois, elas foram sendo esculpidas pela água da chuva e pelo vento. É uma das regiões com concentração vegetal mais preservada do Estado do Rio Grande do Sul.

Nos morros existem plantas características da região, endêmicas e ameaçadas pelo extrativismo, por exemplo, as cactáceas e petúnias.

Fonte: Flor de Tuna

Nenhum comentário:

Postar um comentário